Eu posso mudar de contador?

Seguir

Muitos empresários se perguntam se podem ou devem trocar os seus serviços de contabilidade, e também têm dúvidas sobre quando e como podem fazê-lo.

O que muitos não sabem é que o procedimento de troca é muito simples, e pode ser fundamental para a manutenção da regularidade fiscal da empresa, caso o serviço atual de contabilidade não esteja fazendo um bom trabalho.

Veja abaixo algumas perguntas e respostas que pretendem esclarecer as principais dúvidas a respeito deste tema.

Posso mudar de contador?

Sim, você pode. Todo empresário tem o direito, previsto pelo Código de Defesa do Consumidor, de escolher o escritório que atenda às demandas contábeis da sua empresa.

É preciso estar atento no momento da assinatura do contrato de serviços contábeis, uma vez que alguns escritórios optam por incluir uma cláusula de multa por rescisão contratual fora do prazo estipulado, sendo que este prazo pode variar de dois meses a até um ano.

Nestes casos, o empresário pode ser obrigado a pagar a multa da rescisão contratual quando desejar trocar de contabilidade.

No entanto, alguns escritórios de contabilidade, como a Agilize, não colocam cláusula de rescisão contratual, sempre deixando na mão do cliente a decisão de ficar. Neste caso, o cliente fica por estar satisfeito com os serviços prestados, e não por uma restrição contratual.

O que preciso fazer para trocar o contador da minha empresa?

Para efetivar a troca do contador responsável pela sua empresa, já é suficiente enviar um e-mail formalizando a desistência dos serviços do seu atual contador ou escritório de contabilidade. 

Este e-mail deve conter a informação clara sobre a desistência do serviço de contabilidade, e informar que a contabilidade do próximo mês já estará sob a responsabilidade de outro contador. A mensagem deve conter o nome do novo escritório de contabilidade, e o número do CRC do novo contador responsável.

Alguns itens devem ser entreges para facilitar a relação com o seu novo escritório de contabilidade:

  • Toda a documentação contábil da empresa que esteja armazenada no escritório de contabilidade
  • Balancetes mensais do ano corrente até o último mês de responsabilidade técnica do antigo escritório de contabilidade.
  • Toda e qualquer situação corrente de débitos com órgãos municipais, estaduais e federais, assim como eventuais parcelamentos de dívidas que estejam em andamento e que precisem ser continuados pelo novo escritório de contabilidade.
  • Quaisquer fatos que o novo escritório de contabilidade deve ter conhecimento para habilitá-lo para o bom desempenho das suas funções.

É necessário fazer algo para formalizar a transferência?

Para formalizar a transferência para o novo escritório de contabilidade, recomenda-se o preenchimento de um termo de transferência de responsabilidade técnica. Isto normalmente é um procedimento providenciado pelos próprios escritórios de contabilidade, e não exige interação da empresa que está sendo transferida.

Por fim, o contador que está recebendo o novo cliente deverá elaborar um Contrato de Prestação de Serviços Contábeis onde estará expressa a extensão de sua responsabilidade técnica sobre a empresa contratante.

Em que momento acaba a responsabilidade do antigo contador e começa a do novo contador?

O escritório de contabilidade anterior deve prover um documento de rescisão contratual, ou distrato, com a empresa contratante, eximindo-o de qualquer responsabilidade contábil sobre a empresa a partir da data da rescisão. É importante ressaltar, portanto, que todo erro cometido pela contabilidade anterior, durante o período em que esteve responsável pela empresa, continua sendo de sua inteira responsabilidade. Esta passagem de responsabilidade fica oficialmente expressa no termo de transferência de responsabilidade técnica.

 

 

 

Tem mais dúvidas? Envie uma solicitação

Comentários

Powered by Zendesk